Gatilho Mental do Comprometimento

Você provavelmente deve ter escutado a expressão de que “Fulano cumpre a palavra dele” ou que “Ciclano não cumpre o que fala”. Certo?

Pois bem. Eis uma amostra de como funciona o gatilho mental do comprometimento.

Lembrando que, os gatilhos mentais são atalhos que o nosso cérebro usa para tomar decisões, de forma inconsciente.

Explicando o gatilho:

O princípio do comprometimento se apoia no fenômeno de que, depois que tomamos uma decisão, diversas pressões internas e externas fazem com que nos comportemos de maneira coerente com essa escolha.

Dessa forma, reagimos de maneiras que justifiquem nossas decisões anteriores, num esforço inconsciente de manter coerência.

A coerência é um motivador muito forte para as nossas decisões, porque se trata de uma característica valorizada e útil nos meios sociais.

E como você, Advogado, pode usar isso para converter em mais contratos fechados. Você gostaria de saber?

Então vamos lá… Sempre quando você está atendendo um cliente, sempre induza ele a micro comprometimentos, ou seja, direcione perguntas com relação ao caso dele para que ele responda “sim” para você.

Isso é importante porque, quanto mais “sim” o seu cliente der para você durante o atendimento, mais difícil vai ser ele dar um “não” para você na sua chamada para ação na hora de fechar um contrato.

Por que? Porque ele se comprometeu o tempo todo com você. Caso ele dê um “não” como resposta, até mesmo o subconsciente de seu cliente vai questionar o porquê da negativa, pois foi incoerente consigo mesmo.

Viu como esse gatilho pode aumentar consideravelmente a conversão de contratos fechados no seu escritório?

Imagina se você pudesse seguir se aprofundando nessas armas de persuasão que poucos Advogados usam?

PRECISANDO DE TER NOVOS CLIENTES TODOS OS DIAS ADVOGADO? LEIA AQUI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *